What HR can learn from the NBA (2018 edition) #Articles
Junho 9, 2018
Job Interview #Blog
Agosto 2, 2018

Alguns conselhos para Aprender Línguas👅

Vivemos num mundo globalizado! Sim, a frase cliché que ouvimos desde a década de 90, porém, mais do que nunca somos diariamente confrontados com outros idiomas sendo expectável que consigamos interpretar e comunicar. É, portanto, inegável o reconhecimento geral do valor do domínio das línguas, que vai desde a sobrevalorização da fluência de uma língua estar no top 3 das principais mentiras de um CV, até o facto de sempre que vemos alguém a falar um dialeto estrangeiro e passados 2 segundos he/she starts speaking in another language, automaticamente criamos a seguinte ideia: “ Esta pessoas é mesmo espetacular! Deve viajar muito! É altamente qualificado!”.  Obviamente que nem tudo são aspetos positivos, experimentem falar inglês com um francês ou brasileiro… sim vai doer 😊 Piadas à parte, deixo algumas dicas que me foram bastantes úteis:

Motivação

Este é o ponto principal! Aprender uma nova língua é um processo moroso, com bastantes altos e baixos, requerendo uma boa dose de esforço, empenho e uma forte capacidade de resiliência. Por conseguinte, é imperativo ter bem claro a razão que motivou a escolha desse idioma, bem como o nível de fluência pretendido.

Aceitação do Erro

Costuma-se dizer “It’s not how many times you get knocked down that count, it’s how many times you get back up”, no que concerne à aprendizagem de uma língua esta é uma verdade incontornável. O medo de falhar ou a timidez não podem de todo existir, caso contrário serão consumidos pela frustração e desespero. Praticar! Praticar! Praticar! E consequentemente Errar! Errar! Errar!  Esta é a “fórmula mágica”.

Cursos/Aulas

Em 2018 não sou propriamente um adepto do ambiente de sala de aula (com um livro à frente e um professor a debitar informação) como meio primordial para o estudo de um idioma. Sei que é uma opinião um pouco disruptiva e reconheço que certos aspetos gramaticais possam ser mais difíceis em determinadas línguas e a intervenção de um professor ajude imenso. Contudo, com o surgimento de aplicações como o Duolingo, Memrise ou mesmo canais específicos do Youtube, existem imensas opções gratuitas que devem ser experimentadas antes de avançar para um formato mais tradicional.

Amigos

Procurar encontrar alguém que pretenda estudar a mesmo idioma, ou melhor ainda, que queira aprender a tua língua materna e esteja disponível a ensinar a sua. Isto torna o processo muito mais divertido e interessante, uma vez que estarão ao mesmo tempo a conhecer uma nova pessoa e a sua cultura. Felizmente hoje em dia dispomos de imensos grupos que facilitam encontro presenciais, como o Speak e Couchsurfing, bem como no mundo online sendo um bom exemplo o Tandem.

Mergulho Linguístico

Qual é tua grande paixão? Um magnifico filme? Aquele estilo de música que podes ouvir incessantemente? Deleitares-te com um bom livro? Qualquer que seja o caso, utiliza esse entusiasmo como motor propulsor da tua aprendizagem, divertires-te enquanto adquires conhecimento é sem dúvida o melhor método.

Em jeito de conclusão, aprender uma língua trata-se de um processo continuo que carece de constante prática (ter um diploma não significa ser fluente) contudo, na era excitante e dinâmica em que vivemos, falar outros idiomas aporta vários benefícios a nível pessoal e profissional, pelo que sugiro vivamente que encontrem o vosso método ideal e coloquem mãos à obra.

Original Version can be read here:

Aprender idiomas: Los mejores tips para conseguirlo